terça-feira, 10 de julho de 2007

imagine

saudades do que não vivi
beijos que não beijei
sorrisos que nunca vi

saudades do afeto nunca trocado
confidências intocadas
do perfume musicado

saudades do colo nunca cedido
problemas nunca enfrentados
brigas nunca perdidas

saudade de chorar
saudade de partir
saudade de ficar
saudade de amar

Nenhum comentário: