sexta-feira, 26 de outubro de 2007

primeiros raios


o teu ritmo, me ensina?
minhas rimas são inevitáveis
seus sorrisos, adoráveis
faz de mim mulher-menina

a saudade me alucina
suas costas, apalpáveis
os teus beijos, desejáveis
nos teu braços meu corpo desatina

e num segundo tudo acaba
você pega suas roupas e parte
o meu chão desaba

queria ser mais forte
não ajoelhar e te pedir pra ficar
mas te desejo boa sorte


quarta-feira, 17 de outubro de 2007

algo mais

foi de propósito

o cangote perfumado
o olhar extasiado
o cabelo amarrado
o sorriso pra você


foi inevitável

meu corpo te querer
minha boca te morder
minha cama te manter
deitado ao meu lado

foi sem querer

o espírito arrebatado
o desejo de te ter pra mim
a ambição de te precisar assim
possessivamente dominado



segunda-feira, 15 de outubro de 2007