terça-feira, 12 de fevereiro de 2008

Preciso

esvaia-se dos meus poros!
preciso do meu silêncio
necessito do meu espaço

quero negar-te
mas tu és meu maior sorriso
minha graça plena

não resisto ao teu beijo
ao teu cheiro no meu cangote
aos teus olhos jabuticabas

permita-me esquecer-te
é só o que te peço
mas me ensina a fazê-lo...

me dê a receita...
de ser tão pleno e simples
com um olhar tão seu

Nenhum comentário: