quarta-feira, 29 de outubro de 2008

amanhã

o sangue, o pus, a dor
o sorriso, a feição...
guardo tudo

deixo a caixa aberta
e rezo
apertando os olhos...

que amanhã...
seja...


melhor

Nenhum comentário: