quarta-feira, 26 de novembro de 2008

Finalidade

meu pequeno feito
meu defeito
qualidade
seriedade
minha vida
em miniatura

minha figura
amor sem cura
só risos
molecos
sapecos

eu
impaciente
deficiente
demente

aos poucos aprendo
vivendo
que ser mãe é ser amiga
é ser bonita
é morder barriga
é encher bixiga

ser mãe é não dormir
é morrer de rir
é limpar xixi

a vida ensina
a dar banho
a limpar umbigo
a amamentar

e a amar?
quem ensina?
mestre de oficina?

o caminho quem mostrou foi ela
minha menina
minha espoleta
meu fogo na venta
minha pimenta

a vida meu deu
na hora de Deus
o presente perfeito
do ventre, pro peito
pra dentro de mim

minha sofia
meu fim.

Nenhum comentário: