domingo, 4 de janeiro de 2009

desculpas

não sei o que meu deu...
eu supus que poderia mudar
mas não consegui
impulso idiota
de achar que era bom demais para parar

não sei o que eu pensei...
eu quis me entregar
mas o amor me impediu
fui egoísta
e por vezes deixei transparecer meu ciúme
e não como de costume
desejei você só meu

não sei o que rolou...
o encaixe era perfeito
mas deu defeito
era errado acordar no seu peito
e querer te beijar

ajudaria se você não fosse
bonito pra caralho
um homem que admiro
que tenho orgulho
e que amarei para sempre

não quis te fazer mal
mas acho que fiz
por tudo, tudo mesmo

lamento muito.