segunda-feira, 21 de setembro de 2009

o churrasco

brinde aos novos!

aos sambas
aos bambas
à carne
à vida
à morte
à sorte
ao ver particular
à energia familiar
à cidadania
à advocacia
à fina sintonia
à boemia
ao forrozear
ao salgado tombar
ao acrescentar
aos mosqueteiros
aos maconheiros
aos chineleiros
ao pé no chão
aos sem noção
ao cartão clonado
ao corpo colado
ao peito suado
à pele alva
à saúde salva

ao mestrado - que vai chegar
à saudade - que vai ficar
à gringa - que mudou de lar
ao amigo - que foi pro mar

aos óculos laranja
à marmanja
à criança
à dança
às sardas nas costas
às não-respostas
ao abraço apertado
o sorriso largado
ao churrasco marcado

que não pode faltar

5 comentários:

Raquel Castro de Medeiros disse...

Adorei! Tem uma musicalidade alegre...

Renata van Boekel disse...

Adoro textos leves!! Beijos

Pedro disse...

À volta ao lar;
À bebemoração no bar

À inauguração sem um
À nova vida pra muitos

À falta de rima
Às duas prima

Ops, ao erro de português
E ao meu péssimo ingrês!

Saudade especial de uma
Mas também saudade dos três

Very thanks!

Bruno Quintella disse...

Tin tin! Saúde!

E brindemos à arte do encontro, que é viver.

beijo beijado

Moura disse...

beijo beijado pra vc, green eyes!