terça-feira, 29 de dezembro de 2009

pink life

incansável prepotência
sempre acredito que sou mais forte

teimosa
insisto no que sei que vai dar errado
só pra desafiar o destino
pra poder rir da cara dele
...
desafio pequeno esse...
já que no final... bom...
sabemos sempre quem ri por último

sabe... eu imagino que vá doer
mas a alegria me completa neste momento chuvoso
nesta terça-feira de fim de ano.

eu sei, eu sei: tenho o mapa e ando pro abismo
ao som de uma música folk
ciente de que a carne vai cortar
completamente consciente de que essa história
tem tudo pra dar errado.

mas diga a verdade...
que graça teria se a vida fosse só cor-de-rosa?

Um comentário:

Guillermo Furlong disse...

escribes de maravillas,en tus palabras trasmites mucho mas de lo que piensas,yo soy un artista Argentino que, ademas escribe,si quieres ver algo mio,hoy subi una poesia escrita hace muchos años
guillermocharangofurlong.blogspot.com
yo me registre como amigo tuyo,espero saber pronto de ti,saludos afectuosos