terça-feira, 26 de janeiro de 2010

certezas

será que eu o amo?
mesmo sem conhecê-lo...
às vezes penso que sim

my fallen angel...

cachinhos negros
pele queimada
covinhas
novas dores e alegrias
tudo junto ao mesmo tempo

tempo

concepção que hoje parece turva
sinto meus dias como meses
cansaço físico de uma anciã
e acho que por isso
nem imagino sobre o amanhã...

mesmo errado
ele tenta fazer o certo
pés pelas mãos,
mãos nos meus pés
seus pés e meus pés
mãos nos cabelos
nas minhas curvas
numa trança de corpos

um beijo
(tá, vários beijos, admito)
e me põe pra dormir
ao som do violão e 'Blackbird'
vigia meu sono...

acho que sim...
mesmo sem saber
quem sabe sem nem mesmo querer
ele é merecedor desse amor...

porque Deus sabe o que faz
com certeza sabe...

só quem não sabe sou eu...