quinta-feira, 13 de janeiro de 2011

suas lágrimas





















ontem...
como que numa dança gostosa...
meu corpo pela rua deserta...
sua benção.

suas lágrimas me lavaram
e me deixaram mais sã... e viva

ontem...
suas lágrimas me lavaram
esfregaram com sabão neutro minhas incoerências
minhas idiotices

me vi completamente encharcada
nos seus olhos marejados
chorando a minha tristeza
e foi assim que...
ontem...
você me salvou.

Nenhum comentário: