sábado, 15 de outubro de 2011

suavidade

amor calmo
brisa salgada, janela adentro
amor suave
a língua de tesão, toque de tormento
amor pacificado
sem pressa, sem linha de chegada
amor inocente
incessante, incansável, inebriada
amor permitido
de sim e não, aqui e acolá
amor sincero
amor... amor...

seja bemvindo, novo amor.


Um comentário:

Bruno disse...

seja bemvindo, novo amor.